Tudo sobre certificado internacional de vacinação

certificado internacional de vacinação e profilaxia

Tudo sobre certificado internacional de vacinação

O Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP) é um documento que comprova a proteção de viajantes contra algumas doenças, conforme o Regulamento Sanitário Internacional.  

Essa documentação normalmente é exigida por países específicos, quando o viajante vem de um lugar que teve um quadro recente de epidemia. 

O CIVP é um requisito se você vai viajar, mas também caso você apena faça escala ou conexão em países que exigem o documento. 

Hoje, se você partir do Brasil para muitos destinos é exigido a vacinação contra a febre amarela, portanto, você deve ter em mãos seu Certificado de Vacinação.

A expedição desse documento é simples e tem validade vitalícia. Por isso, se você viaja com frequência, ter essa certificação sempre junto ao seu passaporte é a melhor forma de evitar imprevistos. 

Quando é necessário ter um Certificado Internacional de Vacinação? 

embarque em aeroporto

Conforme definido pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em listagem publicada anualmente, uma série de países exigem o Certificado de Vacinação contra febre amarela para viajantes que partem do Brasil. Confira a lista aqui

Além disso, atente para orientações de saúde da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) se você pretende viajar para fora do país.

Mais do que uma questão burocrática, essas indicações garantem que você tenha uma boa experiência no seu destino. 

Como emitir o Certificado Internacional de Vacinação? 

ampolas para vacina contra febre amarela

Se você já tem a vacina contra a febre amarela de validade vitalícia, basta comparecer se cadastrar e comparecer a uma das unidades emissoras do CIVP com sua Carteira Nacional de Vacinação em mãos, além de um documento de identificação válido com foto. 

Caso você ainda não tenha a proteção contra a febre amarela, procure os serviços de vacinação públicos ou privados credenciados do seu município. 

Você também pode receber a gratuitamente em um posto do Sistema Único de Saúde (SUS). 

Guarde o certificado de vacinação, cadastre-se e leve à unidade emissora mais próxima. 

Lembre-se que essa vacina só começa a valer dez dias após sua aplicação, ou seja, você deve tomá-la com antecedência para que seu certificado esteja válido no momento da sua viagem. 

Precisando de auxílio com seu visto? Conte com a assessoria para vistos da Porto Vistos. Cuidamos dessas questões burocráticas para você se preocupar apenas com sua viagem.