Visto F1 para estudar nos Estados Unidos

Estudante nos EUA com toga azul

Visto F1 para estudar nos Estados Unidos

Para entrar nos Estados Unidos, é preciso obter o visto americano. Já falamos aqui sobre a necessidade de atenção na hora de solicitar o seu visto, buscando evitar a negativa da solicitação por erro no processo.

Um dos erros comuns é a solicitação do tipo de visto diferente do objetivo da sua viagem.

Quando seu objetivo é ir ao país para estudar, o tipo de visto americano que você deve solicitar é o visto F1.

O que é o visto F1?

O visto F1 é o mais comum entre os vistos solicitados por estudantes. Esse é o visto para quem quer estudar em uma Universidade dos Estados Unidos.

Se você quer estudar em curso de graduação em uma Universidade Americana, fazer curso de inglês em uma instituição desse tipo ou participar de um curso intensivo de inglês em uma escola de idiomas, deve solicitar o visto F1.


Parcele taxa consular e serviço Porto Vistos


Escola dos Estados Unidos com bandeira americana

Requisitos para obter o visto F1

Para solicitar esse visto, você já deve ter a admissão no curso desejado. Ou seja, primeiro é preciso ser aceito por uma escola certificada SEVP (Student and Exchange Visitor Programme).

SEVP é o Programa para Estudantes e Visitantes Intercambistas, que é ligado ao Departamento de Segurança Interna dos EUA, para gerenciar estudantes estrangeiros e intercambiar visitantes nos Estados Unidos por meio do Student and Exchange Visitor Information System (SEVIS).

Cada instituição de ensino tem seus próprios requisitos. Por isso, entre em contato diretamente com a Universidade que você quer estudar para obter as informações e realizar sua matrícula.

É possível trabalhar nos EUA com o visto F1?

Durante o período do seu curso, você pode trabalhar no campus da Universidade que está estudando. O trabalho não precisa estar relacionado com o curso que você está realizando e pode iniciar até 30 dias antes do começo das aulas.

O visto F1 também torna o portador apto a fazer trabalhos voluntários fora da Universidade. Este trabalho não pode ter nenhuma forma de compensação (salário, bônus, remuneração, ajuda de custo ou qualquer outro benefício).

O trabalho voluntário fora do campus não pode ser em um cargo que anteriormente era ocupado por um trabalhador pago ou por outro trabalhador americano.

Estudante de cabeça baixa escrevendo em caderno

Permanência nos EUA após o curso

Após concluir o curso que você foi fazer nos Estados Unidos, é permitido permanecer no país por até dois meses.

Se a sua intenção é prolongar a estadia em solo americano, há duas possibilidades:

1) Caso consiga um estágio, pode ficar por mais 12 meses nos Estados Unidos;

2) Você pode solicitar a mudança de categoria do seu visto para trabalho temporário. Nesse caso, a solicitação deve ser feita após a confirmação da vaga de trabalho.

Em ambos os casos, você deverá comprovar ao Consulado Americano que irá retornar ao seu país de origem ao término do seu contrato de trabalho.

E lembre-se. Para qualquer tipo de visto que você deseja obter, conte com a Porto Vistos para auxiliar você no encaminhamento da solicitação.

Nós informaremos quais são os documentos necessário, a fim de minimizar a possibilidade da negativa do visto.

¹ Nota de esclarecimento: os procedimentos e regras sofrem constante alterações. O conteúdo desta página pode estar desatualizado. Favor confirmar informações por telefone ou e-mail.



[contact-form-7 id = “28347” title = “Visto Tripulante C1D”]

[contact-form-7 id=”28351″ title=”VISTO PARA NEGÓCIOS NOS ESTADOS UNIDOS – F1″]

[contact-form-7 id=”28355″ title=”VISTO DE TRABALHO NOS EUA – H”]

[contact-form-7 id=”28358″ title=”PASSAPORTE BRASILEIRO”]

[contact-form-7 id=”28361″ title=”PASSAGEM AÉREA”]

[contact-form-7 id=”28364″ title=”RESERVA DE HOTEL”]

[contact-form-7 id=”28368″ title=”SEGURO VIAGEM”]

[contact-form-7 id=”28371″ title=”PACOTES TURÍSTICOS”]